Planejando a viagem para o Uruguai e Argentina

Viajar para a Argentina e/ou Uruguai costuma sair bem em conta para brasileiros. Foi fácil determinar aonde passaríamos o carnaval quando conseguimos a oportunidade de comprar 4 passagens ida e volta Belo Horizonte-Montevidéu por 76 mil milhas na Gol. Para conseguir essas milhas reduzidas (em pleno carnaval!), fomos flexíveis com as datas e horários, sendo, no fim das contas, 10 dias de viagem.



O segundo passo foi determinar o que queríamos ver de todo jeito: Montevidéu, Colônia del Sacramento, Punta del Este e Buenos Aires. Corrido! O roteiro então ficou: chegada em Montevidéu, 2 dias na cidade. No terceiro dia bem cedinho, pegamos estrada para Colônia del Sacramento, cidade linda em que saem os barcos para Buenos Aires. Passamos o dia em Colônia e pegamos o último barco para a Argentina. Quatro dias em BsAs. No quinto dia cedo, voltamos para Montevidéu aonde alugamos um carro para passar dois dias em Punta del Este.

O ideal seria chegar em Montevidéu, ir direto para a Punta e depois ir subindo a costa do Uruguai até cruzar para a Argentina - Montevidéu, Colônia, Buenos Aires. Fizemos nessa ordem para garantir que teríamos um domingo na Argentina - único dia da Feira de San Telmo e para fazer a visita guiada à Casa Rosada, que só acontece aos finais de semana e feriados.

Transporte entre as cidades

O próximo passo para a viagem - decidir a logística do roteiro que estava em mente.

De Montevidéu para Colônia a distância é de 180 km. Nossas duas opções então seriam alugar um carro ou ir de ônibus. Para nós fica mais em conta a segunda opção. A diária de um carro custa em média 150 dólares e cada passagem só de ida para Colônia, cerca de R$28.

Três empresas fazem o percurso saindo do terminal de Tres Cruces, em Montevidéu - a COT, a Chadre e a Turil - e têm ônibus saindo a todo momento. Assim, deixamos para comprar nossa passagem na hora.

Em Colônia, precisamos guardar as malas para não atrapalharem o passeio. De novo duas opções - pagar a diária de um hotel ou hostel ou deixar no guarda-volumes da rodoviária. Vamos optar pelo Deposito de Equipaje, que custa 100 pesos por 12 horas e fecha às 20h - cobram por volume. A rodoviária fica ao lado do porto, o que é bem coveniente, já que nosso barco para Buenos Aires sai às 21h.



Três empresas realizam o trajeto Colônia-Buenos Aires - Buquebus (a maior), Colônia Express e Seacat. Nós optamos pelo Buquebus porque tinham mais opções de horários e barcos rápidos - a viagem de ida demora apenas 15 minutos!!! Os barcos mais lentos chegam a demorar duas ou três horas. A própria Buquebus oferece as duas opções e a diferença está no preço. Compramos essas passagens de ida e volta pela internet, com antecedência - em breve um post só sobre isso.

Pegamos novamente o Buquebus para voltar ao Uruguai, quatro dias depois. Dessa vez o trajeto é Buenos Aires-Montevidéu. Chegamos na capital Uruguaia às 10h45 da manhã. Alugamos um carro para irmos dirigindo para Punta del Este. Escolhemos a Dollar Rent a Car, porque poderíamos retirar o carro no porto mesmo. Foi a única empresa que nos deu essa opção pela internet.

Existe a possibilidade de ir de Buenos Aires direto para Punta, mas ficava muito mais caro. Além disso, lemos que os pontos turísticos em Punta eram mais distantes, então o carro seria mais conveniente para explorarmos a cidade em pouco tempo.

Escolhendo os hotéis

Para a viagem continuar em conta, procuramos hotéis BBB - bons, bonitos e baratos. E claro, com uma localização bem central para facilitar nossa programação intensa.

Em Montevidéu, muitos indicam ficar em Pocitos, um bairro mais charmoso, em frente a praia do Rio de la Plata. Este bairro tem boas opções, entre ela o Ibis - uma rede segura, em que sempre sabemos o que vamos encontrar.

Contudo, escolhemos ficar no centro, próximo ao Teatro Sólis, porque a locomoção para os pontos turísticos é mais simples. A maioria dos hotéis está concentrada no Centro. A partir daí lemos todas as reviews possíveis no TripAdvisor (s2), meu melhor amigo nessas horas. Assim, encontramos o hotel Esplendor Montevideo - três diárias de dois quartos duplos, com café da manhã ficou em R$1164 (U$470) - dividindo por quatro, ficou R$291 por pessoa. Olhamos as fotos publicadas pelos visitantes no tripadvisor e nossa expectativa é muito boa!

Em Buenos Aires, seguimos os mesmos critérios de escolha de Montevidéu. Assim, reservamos o Ibis Buenos Aires Obelisco, em que cinco diárias de dois quartos duplos custam R$1434,71, sem café da manhã, ou seja, R$358 por pessoa. A localização deste hotel é perfeita, na Av. Corrientes, quase esquina com a Av. 9 de Julio. O entorno é cheio de restaurantes, supermercado, teatro e ainda central para andar para os principais pontos turísticos. Além disso, gostamos da segurança da rede Ibis. A maioria dos hotéis que pesquisamos na cidade me pareceu velha e mal cuidada.

Em Punta del Este todos os hotéis são caros e velhos - essa é a impressão que fiquei. Além disso, o que é central em Punta? Tudo parece longe... Escolhemos então ficar na Península, próximo a Praia Brava, aonde está o famoso Monumento de los Afogados. Achamos um hotel com custo-benefício um pouco melhor, já que tem quartos quádruplos - o hotel San Fernando. Uma diária, com café da manhã, ficou R$442 para os quatro, ou, R$110,50 por pessoa. Mas, não estamos confiantes de que vai ser o melhor hotel da viagem...

Por fim, precisamos de um último hotel para passar a última noite em Montevidéu. O ideal seria um lugar próximo ao aeroporto, já que nosso voo sai muito muito cedo. O melhor que conseguimos a um preço justo foi o Urban Suites Montevideo, no bairro de Buceo, a 16 km do aeroporto. É um apart-hotel, com cozinha e terraço, sem café da manhã. Como sairemos de madrugada, não faz diferença. Uma noite no quarto quádruplo ficou em R$313.

Montando o roteiro

Para me organizar, leio blogs, revistas e o que consigo encontrar sobre a cidade a ser visitada. Assim, monto uma relação dos principais pontos-turísticos de cada local. Em seguida, entro nos respectivos sites e começo a anotar em uma tabela os dias e horários de funcionamento. Como mostro abaixo a tabela inicial de Buenos Aires:


Destaco os dias que estarei na cidade e então monto uma tabela mais apurada do que gostaria de conseguir fazer cada dia, com sugestões de restaurantes que encontrei, com antecedência, bem avaliados na internet:


Agora é só concluir as reservas necessárias e viajar! :)






11 comentários:

  1. Olá! eu queria saber do resultado da viagem. Os hoteis foram mesmo bons?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! A viagem foi ótima, deu tudo certo. Os hotéis foram ótimos e super bem localizados. O primeiro de Montevidéu era um pouco mais velho do que eu esperava, mas nada que tenha incomodado e atrapalhado nossa viagem.

      Abraços,

      Mariana

      Excluir
  2. A-DO-REI o seu modo de organizar a viagem! :)
    Estamos planejando fazer o mesmo roteiro que vocês fizeram porem temos menos dias disponíveis.
    Tem algum outro detalhe/dica que você tenha lembrado e que gostaria de compartilhar? Vou aproveitar tudo, inclusive a sua planilha de roteiro. :D
    Viajaremos no período entre final de julho e início de Agosto/16.

    Obrigada! :)

    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Fernanda!

      Obrigada! :)

      Primeiro que eu não coloquei na planilha (e até hoje não terminei o post só sobre isso) é que vale super a pena almoçar na Bodega Bouza. É sim um pouco mais caro, mas foi uma das melhores refeições da viagem! O lugar é um charme e a comida uma delícia!

      Outra coisa é que não conseguimos visitar o Palácio Legislativo em Montevidéu, porque estava acontecendo uma votação importante, algo assim. Veja se consegue entrar em contato para saber o que terá nos dias que você estiver lá.

      E, por último, as carnes do mercado são melhores que do Francis. Não deixe de passar por lá.

      Veja também:
      http://www.passaportepronto.com.br/2015/04/casa-rosada.html
      http://www.passaportepronto.com.br/2015/03/roteiro-montevideu-dia-1.html

      Abraços,

      Mariana

      Excluir
  3. Oi Mariana... além do almoço vcs fizeram a degustação dos vinhos? Estou indo amanhã.... espero que dê tempo de responder! rs

    Obrigada pelos posts, ja me ajudaram bastante no planejamento!

    Estou começando meu blog tb... mochiladascotti.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O almoço é com a degustação de vinhos! Super delícia!

      Abraços,

      Mariana

      Excluir
  4. Oi Mariana... além do almoço vcs fizeram a degustação dos vinhos? Estou indo amanhã.... espero que dê tempo de responder! rs

    Obrigada pelos posts, ja me ajudaram bastante no planejamento!

    Estou começando meu blog tb... mochiladascotti.wordpress.com

    abraços e obrigada

    ResponderExcluir
  5. Ola!! Ótimo post e bastante esclarecedor! Estamos indo para BUE/MVD próximo mês, e quero encaixar Colonia no transfer entre as duas cidades. A grande dúvida é se o guarda volumes da rodoviária de Colonia aceita malas grandes ou somente malas pequenas/mochilas. Vocês que usaram, o que poderiam nos dizer?
    Obrigado e novamente parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Charles!

      Levamos duas malas grandes e aceitaram sim! É tranquilo!

      Abraços,

      Mariana

      Excluir
  6. Ola amei o post. Estou indo sábado com duas malas uma media e outra grande, gostaria de fazer uma parada em Colonia, porém quero saber se o Deposito de Equipaje comporta malas grandes? Obrigada1

    ResponderExcluir
  7. Nossa acabei de lê o comentário acima, e tirou minha dúvida sua resposta. Pode desconsiderar o anterior, obrigada abraços!!

    ResponderExcluir

Copyright © 2012 Passaporte Pronto?. Copyright © 2012 Logo desenvolvida por Vitor Quinet.