Meiji Jingu - Santuário Xintoísta



Meiji Jingu ou Meiji Shrine (明治 神宮) é um santuário xintoísta no bairro de Shibuya, em Tóquio - é o mais famoso da capital japonesa. O xintoísmo é a religião original do Japão, e ainda está presente no modo de vida japonês. Esta religião não tem fundador, ou um livro sagrado, mas valores como harmonia com a natureza e virtudes, como Magokoro (coração sincero). No Xintoísmo, as divindades ou Kami podem ter uma forma humana, animal ou qualquer elemento da natureza, como montanhas, rios, trovões, vento, ondas, árvores e pedras. Ele está bastante ligado à natureza, no sentido de que se propaga a proteção ao meio ambiente, através do culto aos elementos da natureza.

Este santuário é dedicado às almas divinas do Imperador Meiji, que modernizou o Japão, e sua Imperatriz Shoken. Ele faleceu em 1912 e ela em 1914 (os túmulos estão em Kyoto). Os japoneses queriam comemorar suas virtudes e venerá-los para sempre, então, doaram 100 mil árvores de todo o Japão e do exterior, e eles trabalharam voluntariamente para criar uma floresta que abrigasse o templo - a área tem cerca de 700 mil metros quadrados. Assim, este santuário ficou pronto em novembro de 1920.

O principal complexo de edifícios do santuário fica a 10 minutos a pé da entrada sul, perto da Estação Harajuku e da entrada norte, perto da Estação Yoyogi. Elas são marcadas por um portão Torii maciço, que separa as imagens e os sons da cidade agitada de uma floresta tranquila.

Etiqueta: Faça uma reverência antes de entrar e uma antes de sair do Torii
Em 1945, parte das construções foram incendiadas em ataques aéreos da guerra, mas reconstruídos em novembro de 1958.

Diferente dos coloridos templos budistas que visitamos na Ásia, o xintoísta Meiji Jingu é todo de madeira com a cor original, com alguns detalhes em verde e metais. O ambiente é sereno e silencioso. Para chegar no templo de fato, caminhamos por um corredor de árvores no santuário. Na entrada, fica a Temizuya (imagem abaixo), uma fonte para purificação antes de entrar no ambiente sagrado.

O procedimento é assim: segure a haste da concha com a mão direita, pegue um pouco da água que está caindo e lave a sua mão esquerda. Em seguida, faça o mesmo com a outra mão. Depois, coloque um pouco da água da concha em sua mão esquerda e bocheche. Lave sua mão esquerda novamente. Por último, lave a concha, e deixe a água que restou escorrer pela haste para purificar também o recipiente novamente. Lembre-se de não encostar a boca no objeto. É proibido jogar moedas nesta fonte.



Depois de passar pelo primeiro prédio, está um pátio silencioso  com vários espaços para oração, para escrever desejos em pequenos pedaços de papel ou madeira e amarrá-los nas paredes, para oferendas e compra de amuletos.



No prédio principal, antes da oração, sugerem que faça alguma doação de moedas. Em seguida, faça duas reverências, bata palmas duas vezes, e faça um desejo. Então, faça uma última reverência.

É proibido tirar fotos dentro dos prédios e nos corredores.


No norte do santuário está a Meiji Jingu Treasure House, construída um ano após a inauguração do local. Lá estão muitos pertences pessoais interessantes do Imperador que deu o nome ao santuário, incluindo o transporte usado no dia da declaração formal da Constituição Meiji em 1889. Veja o mapa do santuário aqui.

O templo fica aberto todos os dias do ano do nascer ao pôr do sol, por isso os horários variam todos os dias. A entrada é gratuita. A Treasure House fica aberta de 9h às 16h30 (de novembro a fevereiro até às 16h, sendo que a última admissão é feita 30 minutos antes do horário de encerramento), e a visita custa ¥ 500 (500 yen, cerca de 11 reais).

O Meiji Jingu é um dos santuários mais movimentados do Japão. De acordo com o site oficial do local, nos três primeiros dias do ano novo, o santuário recebe mais de três milhões de visitantes para a primeira oração do ano (Hatsumode), mais do que qualquer outro santuário ou templo no país.

As melhores estações para chegar de metrô:
Na estação Harajuku pela linha JR Yamanote ou na estação Jingu-mae Meiji pelas linhas Chiyoda e Fukutoshin. Marquei com um círculo vermelho na imagem abaixo as estações que devem descer.

Mapa do metrô de Tóquio

0 comentários:

Copyright © 2012 Passaporte Pronto?. Copyright © 2012 Logo desenvolvida por Vitor Quinet.